Ovos com validade na casca.

A partir de abril, ovos devem conter informações de validade na casca.

A Secretaria Estadual de Agricultura e a Associação Avícola de Pernambuco anunciou que, ainda no primeiro semestre deste ano, serão adotadas novas medidas para a produção de ovos no Estado. Em até 90 dias, os produtores precisam implantar o sistema que deve informar a origem, a data da produção e a validade desses alimentos. As informações devem vir carimbadas na casca do ovo.

Segundo dados da Indústria Avícola, em Pernambuco, são produzidos mais de 10 milhões de ovos diariamente. O Estado é o maior produtor no Norte e Nordeste, e o primeiro Brasil a aderir ao novo formato para comercialização.


Como fazer o registro?

A determinação da rastreabilidade foi assinada pelo governado no último dia 18 e, até abril, os avicultores precisam aderir à medida. A máquina que irá servir para carimbar os dados pedidos custa, em média, R$ 20 mil. Quem não aderir terá o produto apreendido e impedido de ser comercializado.

Para os pequenos produtores, com até cinco mil aves, o registro pode ser feito manualmente, mas a granja precisa ter registro na ADAGRO. Segundo as regras, o ovo pode ser vendido em até 20 dias, se armazenado em temperatura ambiente e, no máximo, até 30 dias, se estiver refrigerado.

Onde estamos !!! Clique aqui para navegar.