Codificação para produtos de higiene

A ANVISA é o órgão responsável pela criação de normas e regulamentações relativas às embalagens de produtos como alimentos, cosméticos, medicamentos, etc. Dentro dessas resoluções existem algumas exigências que englobam a codificação para produtos de higiene.

Tais normas impostas por esse órgão são importantes e precisam de atenção, pois caso alguma embalagem não esteja de acordo, sua empresa corre um grande risco de ter os produtos apreendidos, além de receber multas e outras punições graves.

Atualização das normas regulamentadoras


Quando a ANVISA reformulou as normas foi com o intuito de atualizar os procedimentos necessários para a regularização dos produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes, criando processos mais simples, visando a melhoria da qualidade de informação.

Um dos itens importantes dentro do regulamento é que os fabricantes devem possuir dados comprobatórios que afirmem a qualidade, segurança e eficácia dos produtos e que todas as informações descritas nos rótulos sejam idôneas e respeitem as solicitações especificadas no documento.

Uma das orientações inclusive informa que nos rótulos, a codificação para produtos para higiene pessoal, cosméticos e perfumes não deve conter indicações ou menções terapêuticas, nem informações que induzam o consumidor ao erro, engano ou confusão em relação à procedência, composição, origem, segurança e finalidade.

Já as especificações para produtos de Grau 1 e Grau 2 devem conter o número de Autorização de Funcionamento da Empresa (AFE) e o número do processo na rotulagem do produto, gerado pela ANVISA.

Obrigatoriedades para a realização da codificação de embalagens

Além das informações contidas nos anexos do regulamento, existem algumas obrigatoriedades a serem cumpridas pelas empresas:

  • Aerossóis: deverá conter nas embalagens a seguinte informação “Evite a inalação deste produto”.
  • Neutralizantes, Produtos para Ondular e Alisar os Cabelos: você deverá inserir a mensagem “Este preparado somente deve ser usado para o fim a que se destina, sendo PERIGOSO para qualquer outro uso”.
  • Agentes Clareadores de Cabelos e Tinturas Capilares: nos rótulos das tinturas e agentes clareadores de cabelo que contenham princípios ativos que possam causar intoxicação aguda ou crônica deve ter a mensagem “CUIDADO. Contém substâncias passíveis de causar irritação na pele de determinadas pessoas. Antes de usar, faça a prova de toque”.
  • Bronzeadores Simulatórios: nos rótulos destes produtos deve conter a advertência “Atenção: não protege contra a ação solar”.

Tipos de embalagem e suas definições

As informações devem ser indispensavelmente estabelecidas e figuradas para realizar a codificação para produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes adequada.

Veja algumas definições:

  • Embalagem Primária: aquela que envolve diretamente o produto;
  • Embalagem Secundária: aquela que envolve um conjunto de produtos já embalados. Este é o exemplo dos pallets.
  • Rótulo: informações impressas que são aplicadas diretamente nas embalagens.
  • Folheto de Instruções: texto impresso com informações complementares que acompanha o produto.
  • Nome, Grupo ou Tipo: informação que distingue linhas de produtos diferentes.
  • Marca: logotipo ou elementos que diferem sua marca ou produto dos concorrentes ou a linha de fabricação.
  • Origem: local onde o produto foi produzido ou industrializado.
  • Lote ou Partida: quantidade de produtos produzidos em ciclos.
  • Prazo de Validade: tempo em que as propriedades do produto se manterão adequadas para o uso, conservando a embalagem sem avarias, em condições perfeitas de armazenamento e utilização.
  • Titular do Registro: pessoa jurídica ou responsável juridicamente que possua o registro de Produtos de Higiene Pessoal, Cosméticos e Perfumes.
  • Elaborador/Fabricante: empresa que tem autorização para fabricação ou elaboração do produto, além de ter instalações adequadas para tal.
  • Importador: pessoa jurídica ou responsável por introduzir o produto em um país estrangeiro.
  • Número de Registro do Produto: número de identificação da empresa, número de Resolução ou Autorização para a comercialização do produto.
  • Composição: informações contendo a quantidade e descritivo de componentes cuja nomenclatura deverá estar de acordo com a INCI.
  • Advertências e Restrições de Uso: obrigatoriedades de informações sobre substâncias que possam causar alguma reação alérgica, de acordo com o regulamento, Anexo V.

Qual impressora industrial é a melhor para realizar a codificação em produtos de higiene?

Ao analisar a necessidade de informações completas, uma impressora industrial indicada para fazer a codificação em produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfume é a Linx TT10.

Este modelo de impressora termo transferência pode receber ribbons de até 110m de largura e é indicada para a impressão de códigos de barra e tabelas nutricionais.

No caso de produtos de higiene e afins, cuja descrição precisa ser completa, esta impressora é bem recomendada.

Seus servo-motores controlam a tensão do ribbon, reduzindo as chances de rompimento. A troca do ribbon também é facilitada e rápida, sendo que qualquer colaborador poderá fazer a manutenção sem problemas.

Além disso, sua tela touchscreen de fácil utilização contribui para o manuseio livre de problemas.

Mas os codificadores Ink Jet também dão conta do recado. Por exemplo, a Linx 7900 atende aplicações avançadas, imprimindo até 5 linhas de texto, gráficos, códigos de barras e logotipos.

Já a Linx 8900 é indicada para linhas de produção que não podem ficar paradas por muito tempo. Este modelo possui uma interface altamente intuitiva, uma nova tela touchscreen e limpeza automática do cabeçote, proporcionando economia de tempo com manutenções.

E não podemos nos esquecer da tecnologia laser, um sistema de marcação versátil, intuitivo, confiável e acessível.

Linx SL1 é uma codificadora laser compacta e rápida, adaptável em qualquer espaço da sua linha de produção.

Os modelos Linx CSL10 e CSL30 são soluções flexíveis para aplicação de códigos simples ou complexos e a Linx CSL60 realiza marcações mais rápidas em aplicações extremas, como embalagens para produtos de limpeza.

Se você precisa realizar marcações mais precisas e completas, esta é a sua melhor opção. Entre em contato conosco e solicite a visita de um representante.

Para consultar na íntegra todas as normas e as especificações completas, acesse o site da ANVISA clicando aqui.

Onde estamos !!! Clique aqui para navegar.